terça-feira, 7 de outubro de 2014

BACALHAU COM BATATINHA

BACALHAU COM BATATINHA
Imagem Google

“Batatinha quando nasce
Se esparrama pelo chão...”

Ela era uma jovem Colombiana, de 22 anos, da cidade de Honda, sentindo fortes dores no abdômen, foi internada no hospital do centro da cidade.
Uma equipe médica que a atendeu ficou assustada ao examinar suas partes íntimas: havia um grelo de batatinha querendo sair a qualquer custo.
Interrogada ela informou que colocou a batatinha lá dentro por orientação de sua mãe. Era um novo método contraceptivo.
“Minha mãe disse que, se eu não quisesse ficar grávida, deveria colocar a batata lá e eu acreditei.”
A batata ficou lá por duas semanas, tempo suficiente para germinar. Encontrou um lugar úmido, escuro e bem aconchegante.
A batata tinha germinado e estavam crescendo raízes dentro do corpo da jovem, daí as dores.
O vegetal foi retirado sem nenhuma complicação segundo informou o International Business Times.
Isto serve de alerta para todos que vivem enfiando tudo em qualquer buraco e também para as mães para que orientem melhor as suas filhas sobre educação sexual.
Moral: Se não aprender em casa vai ficar sabendo pelo Facebook, o que é muito pior.

Manoel Amaral

Nenhum comentário:

Postar um comentário