quinta-feira, 12 de junho de 2014

FULECO, O TATU-BOLA

TATU-BOLA, O FULECO

Imagem google

Começa hoje a Copa do Mundo, a Copa das Copas, que não passa de uma copa qualquer, com a diferença que os gastos são os maiores da história e a roubalheira também.

Coitado do nosso tatu-bola, o Fuleco (mistura de futebol com ecologia), não deu certo, o povo odeia este mascote que a FIFA inventou.

Que nome mais horroroso! Poderiam ter inventado coisa melhor. O pobre do Tatuzinho que vivia na caatinga está fadado a extinção. Em muitos lugares já não tem mais e na caatinga já está fedendo.

Fuleco conforme dicionário de internet, vem do verbo FULECAR que significa: “ato de perder, ao jogo, tudo aquilo que possuía ou levava”. Se isto for verdade, estamos é fudidos, perdidos e mal pagos.
Eu fuleco, tu fulecas, não fulecamos.

O pior que “bola” no sentido pejorativo, é o suborno oferecido. Foi mesmo uma má escolha.



Manoel Amaral

Nenhum comentário:

Postar um comentário