segunda-feira, 2 de setembro de 2013

ROUBANDO O PRÓXIMO

GANHE DINHEIRO ROUBANDO DO PRÓXIMO


Não estou aguentando tantos pedidos de dinheiro na internet, no Facebook, ou através dos e-mails. Penso até em trocar meu e-mail comercial.

Todos os dias são correntes, pirâmides, Marketing Multi-nível, Trabalho em Casa, sei lá mais o quê. Tantos títulos (para enganar as pessoas), mas no fim é a mesma coisa: arrancar dinheiro do seu bolso.

Não precisa nem abrir estes e-mails, vai excluindo ou jogando no spam, ou simplesmente faça como eu, deixe lá, não mexa!

Ainda mais que pode ser um vírus, como saiu um terrível estes dias... (por isso que sua máquina estava ficando cada vez mais lenta.)

Muitos só a fim de fincar a mão no seu bolso e pegar uns trocadinhos.
Tem hora que estão pedindo uns trocadões, muito dinheiro mesmo por um curso que eu cobraria R$100,00 eles estão querendo faturar logo U$200,00 (isso, duzentos dólares), a moeda brasileira nem vale nada para eles.

E é tudo repetido, um vai copiando do outro e roubando até as imagens fabricadas nos Google, Flickr e outros arquivos de imagens gratuitas. Não querem nem gastar dinheiro com pagamento de royalties.

Todos agora são professores, até jovens de 14 anos estão dando cursos para adultos ensinando a ganhar dinheiro na internet, trabalhando em casa.

Isto deu muito certo nos EUA, mas saturou por lá, agora acharam por bem infestar nosso país com esta praga (pior que Gripe Suína que foi fabricada em laboratório lá no México).

Todas elas (as correntes, as aplicações, as pirâmides) prometem dinheiro fácil para todos.

Ganhar dinheiro sem trabalhar, com muita facilidade, pode desconfiar. A vida é dura, para vencer tem que trabalhar, o maior problema é que com tanto incentivos e bolsas, os mais jovens e os marmanjos também, não querem saber de “pegar no pesado.”

Já avisei não aviso mais: DINHEIRO NÃO DÁ EM ÁRVORES E NEM CAI DO CÉU, principalmente em céu brasileiro.


Salve-nos Santo Expedito e Santa Catarina! Os protetores dos aflitos.

Manoel Amaral

Um comentário:

  1. Certíssimo. Se fosse tão fácil assim, todos já estavam ricos.

    ResponderExcluir