quinta-feira, 17 de maio de 2012

HONESTIDADE E DESONESTIDADE


HONESTIDADE E DESONESTIDADE

Esquema milionário de desvio de dinheiro por ex-funcionária e ex-presidentes do TJ do RN

Tudo começou em 2007 quando a funcionária de carreira no tribunal, Carla Ubarana, foi convocada para uma missão especial, pelo presidente do TJ do Rio Grande do Norte.

Ela assumiu um cargo na divisão de precatórios e esta  fez um levantamento de uma verba no valor de R$1.6 milhão, dinheiro este que ficava “parado”. Este dinheiro vinha dos precatórios, dívida recebida pelo Estado em ações na Justiça.

“Como o dinheiro não tem dono, o que a gente pode fazer para trabalhar o dinheiro?” – perguntou um dos ex-presidentes do TJ. Aí  o esquema foi montado com a ajuda de laranjas.

Calcula-se que tenha havido um desvio de mais de R$20 milhões.
Na casa do casal, que se gabava do esquema montado, a polícia encontrou:
- Papel higiênico importado;
- Dois celulares que custaram R$33 mil;
- Sei carros de luxo, uma Mercedes que custou R$650 mil;

Gastaram mais de R$1,25 milhões, em viagens ao exterior, ficando nos melhores hotéis. Compraram imóveis; uma casa na beira de praia, com piscina aquecida, no valor de R$3 milhões.

O pior é que o casal, que se encontra em prisão domiciliar,  parece se orgulhar das viagens que fizeram com o dinheiro do erário.

Do lado, lá na ponta da linha, no mesmo Rio Grande do Norte, na cidade de Caicó,  o catador de lixo José da Silva Fernandes, encontrou num lixão R$100 mil.

Neste caso a honestidade falou mais alto e José devolveu o dinheiro para o dono.

Não vou nem entrar em mais detalhes...

Manoel Amaral
www.campanhaeleitoralvereador.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário