sábado, 25 de abril de 2009

OSVANDIR & HARRY POTTER NO BRASIL


Capítulo II
HARRY E SEU TESOURO

“Porque onde estiver o vosso tesouro,
aí estará também o vosso coração.”
Harry Potter e as Relíquias da Morte



Tinha numa bolsa de tecido de linho grosseiro, um tesouro: 100 Galeões, moedas de ouro; 80 Sicles, de prata; 10 Niem, de bronze, algumas Harry ganhou no prêmio do torneio Quadribol, realizado nas vésperas de sua partida. Este esporte é muito admirado pelos jovens da terra de HP.

Osvandir deu uma chegadinha com Harry até a casa de seu tio para a primeira troca de roupas.
Algumas serviram como uma luva, outras achou muito apertadas. Jogou a sua sandália de couro debaixo da cama e passou a mão num big tênis, todo colorido. Experimentou, um pouco grande; puxou o cadarço, este ajustou-se ao seu pé. Uma camisa xadrez foi a que mais gostou. Era de um algodão leve. Quis levar um blusão de couro, da Argentina, mas estava fazendo muito calor. Pegou uma calça jeans de marca muito conhecida em sua terra, achou uma maravilha, ajustou perfeitamente ao seu corpo. Conferiu aqueles bolsos fundos e passou a mão sobre os rasgados e remendos próprios da confecção e adorou.

Voltaram para o Hotel JKR, ali no centro onde estava hospedado. O carro seguia normalmente e ele não cansava de escutar as música e ver os vídeos no mini DVD.

Ao chegarem ao hotel o Proprietário, todo solícito, estava a espera para contar as últimas novidades. Ele havia contatado o Banco, para conseguir um Cartão Mega Ouro, sem limites de crédito. Confiando no Osvandir, é claro!

Mas a chegarem ao banco notaram certo alvoroço. O Gerente estava esperando-os e disse-lhes que dois bandidos mascarados acabavam de levar alguns milhões de um Senhor que ia fazer um depósito para sua empresa.

Conversando com Harry, Osvandir pediu-lhe que mostrasse as moedas de ouro (galeões) para o especialista avaliar.

Se fosse pelo peso, cada moeda pesou 25 gramas o que equivaleria a R$1.320,00 cada uma, ou seja, a um preço de R$53,00 por grama, em preço atual. Mas devido ao valor histórico o preço subiu astronomicamente.

O problema crucial para o banco é que não encontraram no seu catálogo nenhuma referência para aquele tipo de moeda. Foi chamado um experiente ourives para medir o grau de pureza. Este ficou maravilhado com a moeda que apresentava 99,0% de puro ouro.

As moedas de prata, também eram muito puras. A prata tinha um preço de mercado a uma base de R$2,00 o grama. Mas também estas pareciam diferentes e o valor histórico fez com que o seu preço ficasse nas alturas.

O Gerente, já um pouco vermelho de tanta emoção, louco para por as mãos naquele ouro todo, cerca de 100 moedas, foi logo liberando a conta especial, com vários cartões de crédito Mega Ouro, inclusive um internacional, outro para viagens aéreas e aquelas baboseiras como canetinhas de brinde, chaveiros, agenda, bolsa de legítimo couro de jacaré do Pantanal, criação exclusiva para aquela entidade.

Com os cartões de crédito em mãos, Osvandir levou HP para um passeio pelos shoppings da cidade.

Tudo que via de diferente, queria pegar, experimentar, cheirar. Aquele jovem, com cara de inglês, meio avermelhado e com algumas sardas no rosto.

Quando viu a escada rolante, ficou com medo de subir, achou-a um pouco diferente das que conhecia.

Numa grande loja com nome em letras bem vermelhas, fez a sua primeira compra: um livro. Adivinhem o título: O sétimo e último nosso conhecido, denominado Harry Potter and the Deathly Hallows, (Harry Potter e as Relíquias da Morte).

Leu alguma coisa, sacudiu a cabeça, parece que entendeu pouco. Fechou o livro e colocou naquela bolsa de couro que ganhou (ou que pagou) daquele banco.

Tentou pedir ao Osvandir alguma explicação, mas sem computador na mão ficou difícil a conversação.

Comprou outras coisas como colares de ouro puro, medalhões e ficou encantado com algumas malas, acabou comprando três, de tamanhos variados.

Convidado a comer alguma coisa, adorou a batatinha frita e alguns tipos de carne. Bebeu guaraná depois um bom vinho do Sul do país.

Retornando ao Hotel JKR tirou uma boa soneca, sonhou coisas terríveis, com aqueles monstros, da sua Escola de Magia. Acordou duas horas depois, tomou um bom banho e encontrou Osvandir ali no Net Book, pequeno objeto de desejo de muitos jovens.

No outro dia a grande viagem para São Paulo.
Manoel Amaral











Nenhum comentário:

Postar um comentário