terça-feira, 15 de novembro de 2016

Os Palavrões


OS PALAVRÕES
Resultado de imagem para palavrão

Chove aos borbotões lá fora e eu aqui escrevendo sobre palavrões.

Há alguns anos os palavrões não poderiam de espécie alguma ser pronunciados em recinto familiar ou em grupos.

Lá em casa quem quebrava a regra era denominado de “Boca Suja” e apanhava muito.

Mulheres não podiam, de jeito nenhum, pronunciar palavrão.

Agora abro a página do Facebook e vejo palavrão de cima até o final e até nos comentários, e que é pior: várias mulheres falando aqueles cabeludos (como falávamos antigamente).

Lembro-me de um escritor “boca suja”, que só vendia palavrões.

O Dicionário do Palavrão de Mario de Souto Maior traz um excelente estudo e listagem dos palavrões, publicado na década de 80. Editora: Guararapes Ltda. com 166 páginas.

Se viver dizendo palavrões, depois nunca mais adquirirás a seriedade.

Na TV Dercy Gonçalves foi o exemplo de mulher palavrão.

Existem vários vídeos e filmes dela na internet.

E vocês que imaginavam que a Dercy falava bobagem, veja este vídeo do Costinha:


E olha só as indecências de Ari Toledo:


E os Mamonas Assassinas liberaram a molecada para o palavrão:


O palavrão na Campanha eleitoral:

(Algumas páginas estão cobertas por estarmos fora do período eleitoral.)

Na charge então, vem desde o jornal “O Pasquim”:

Procure pelo título: O Jornal o Pasquim Antologia I

PQP não sabia que tinha tanta coisa sobre o palavrão.

Manoel Amaral

P.S.: Palavrão até na Rede Globo:






quarta-feira, 9 de novembro de 2016

ELEIÇÕES NOS EUA

ELEIÇÕES NOS EUA

E o candidato que ninguém esperava ganhar a eleição nos EUA surpreendeu todo mundo.

Foi uma candidatura muito parecida com a de Kalil, candidato a Prefeito de Belo Horizonte, Minas Gerais.

Também foi uma das disputas mais acirradas dos últimos anos.

Disse que não governaria com velhas raposas políticas.

Chegaria à reta final com poucos pontos de frente, conforme os prognósticos da maioria das empresas de pesquisas.

“Você vai para a urna sabendo o que quer: saúde, educação, transporte e segurança. Mas no seu caminho vão tentar te entregar muito ódio e mentira pra deixar você em dúvida. Olhe pra frente, pense se você quer continuar sentindo vergonha dos políticos do Brasil, envolvidos nas Lava Jatos da vida. Você não precisa escutar mais mentiras. Mas pode votar em quem nesta campanha só falou a verdade, mesmo quando foi atacado covardemente.”  (Alexandre Kalil, PHS, Candidato à Prefeitura de Belo Horizonte)

A maioria dos institutos de Pesquisas de opinião indicavam uma vitória da Democrata Hillary, mas ao final da apuração tiveram uma surpresa: o republicano Trump  ganhou em quase todos estados americanos.

Trump fez uma campanha violenta prometendo construir um muro na fronteira com o México, contra o livre comércio, deportar imigrantes, rever vários acordos internacionais, combater o Estado Islâmico, geração de empregos, contra controle de armas, etc.

Já Kalil, empresário, obtém sucesso com discurso de críticas a caciques e legendas.

Os dois desacreditados quando lançaram as suas candidaturas, mas com uma campanha contra o sistema político vigente, conseguiram chegar à vitória.

Frases de
DONALD TRUMP

“Quando o México manda seu povo para os EUA, não está mandando as melhores pessoas, mas cidadãos com muitos problemas. Eles estão trazendo drogas, crimes. São estupradores. Alguns, eu acho, são boas pessoas.”
(No lançamento da campanha, em julho de 2015)


“Se você não fica rico ao lidar com políticos, há algo de errado com você.”

(Durante discurso na Carolina do Sul, em julho de 2015)

“Aquilo (não pagar impostos) faz de mim alguém esperto.”
 
(Durante debate com Hillary. Questionado sobre suas declarações de imposto de renda)

“Ninguém tem mais respeito pelas mulheres do que eu. E as mulheres têm respeito por mim e quero dizer-vos que eu vou tornar o nosso país seguro, vamos ter fronteiras no nosso país, coisa que não temos agora.”

(Durante debate com Hillary. A pergunta era sobre o vídeo no qual ele fala sobre a forma como se aproveita sexualmente de mulheres)

“Se vencer, darei instruções ao procurador-geral de Justiça para que nomeie um procurador especial para que investigue a sua situação porque nunca houve tanta mentira e tanta coisa oculta. "

(Durante debate com Hillary Clinton)

"Eu poderia parar no meio da Quinta Avenida e atirar em alguém, e não perderia nenhum eleitor, ok?"

(Em evento durante a campanha presidencial)

“Na Guerra Fria, tínhamos um teste de verificação ideológica. Já passou da hora de desenvolvermos um novo teste.”
(Durante um comício, em agosto de 2016)

Manoel Amaral



segunda-feira, 31 de outubro de 2016

MANÉ IRÔNICO II


MANÉ IRÔNICO II

Resultado de imagem para eleição 2016
Imagem Google

I – Eleições 2016: Kalil bebeu o Leite. Não teremos mais coxinhas, chegou a era dos quibes.

II – Votos em branco escureceu esta eleição.

III – RENOVAÇÃO? Não houve, só velhas raposas políticas.

IV – PSDB – cometeu o mesmo erro da campanha de 2012, para Presidente. Não renovou os candidatos do Partido.

V – REJEIÇÃO – 20 a 30% percentual muito alto. Casos em que foi maior que o candidato que ganhou a eleição.

VI – O GRANDE PERDEDOR? O PT.

VII – CRIVELA, religião ajuda na eleição.

VIII – REELEIÇÃO – Foram poucas graças a Deus.

IX – VOTO LIVRE, Nada de imposição, nova discussão para reforma política.

X – MULHERES, onde estão as mulheres do 2º turno?

XI – ABSTENÇÃO – alto índice, significando que o povo está rejeitando a política.

XII – VOTO OBRIGATÓRIO, Tema para próxima discussão reforma política.

XIII –RESSACA ELEITORAL – Avaliar os danos e tocar o bonde até 2018.

XIX – BOCA DE URNA – Crime pouco usado nestas eleições.

XX – PSDB –Mais prefeitos eleitos.

XXI – NANICOS – Mais força.

XXII - ABCD – PT perdeu o cinturão vermelho, não conseguiu nenhuma prefeitura por lá.

XXIII - PT – Perdeu mais de 10 milhões de votos, com relação a eleição de 2012.

XXIV -ESCOLAS FECHADAS – Um prejuízo de mais de R$3 milhões, quem vai pagar esta conta?

XXV - INDEFERIMENTO DE CANDIDATURAS – O povo quer saber, quem vai pagar as novas eleições.

XXVI - Deputado Federal Nelson Marchezan Júnior (PSDB) foi eleito neste domingo (30) o novo prefeito de Porto Alegre (RS).

XXVII - RECEITA FEDERAL – Vence hoje o prazo para repatriamento de fortuna no exterior. O Leão avisa: a bocada vai ser de 15%.

XXVIII - CIDADES DO 2º TURNO – Apenas 57.

XXIX - PARTIDOS – Os Nanicos estão crescendo de número, querem vencer a Cláusula de Barreira e participar do bolo partidário.

XXX - PREFEITO MAIS VELHO: Ele tem 88 anos, é professor Josibias Cavalcanti (PSD) da pequena cidade de Catende/PE.

XXXI - + JOVEM – Com 21 anos, Leonardo Caldas é o prefeito eleito mais jovem do Brasil, de um local chamado Milagres do Maranhão (MA)

XXXIII - Belo Vale recebeu 86,54% do total, Lapinha, Município Mineiro.

XXXIV - MAIOR PORCENTAGEM - Reeleito com 76,57% dos votos, Waldeli dos Santos Rosa (PR), de 56 anos da cidade de Costa Rica em Mato Grosso do Sul.

XXXV - Enquanto isso, em Divinópolis-MG, foi eleito (um dos mais votados) o Vereador TARZAN.
Veja aqui o grito da vitória: https://www.youtube.com/watch?v=9NL7nP61-hk
Manoel Amaral


terça-feira, 25 de outubro de 2016

LIVROS MAIS VENDIDOS

LIVROS MAIS VENDIDOS NO SENADO E NA CÂMARA FEDERAL

Neste mês apuramos que os livros mais vendidos no Senado e Câmara foram os seguintes:

Como Você era antes de mim

O Que Tem Nas Geladeiras Senado?

Por Que Fizeram O Que Fizeram?

O Diário de Helena 



O Deputado No Trem



Felicidade está morrendo



Fator de Enriquecimento ilícito

O Orfanato sem Verbas Federais

Tá Gravando?

O seu Anjo da Guarda

Lava Rápido

Depois de Você só eu

O Homem Mais Inteligente da Câmara
Eduardo Cunha

Democracia & Demonologia

Vamos todos pra Ruah

A Batalha da Delação Premiada

Cidade dos Eternos Conflitos



Verdades e Mentiras, Proprinas e Delação

 


A Espiã do Senado


Osvandir e o Grampo Misterioso

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

COMO PERDER DEZ MILHÕES DE REAIS

Imagem Google

“Tudo que vem fácil, você perde rápido...”
(Osvaldir, tio do Osvandir)

A quadrilha era mesmo especializada em assalto a bancos.

Não faltava nada, tinha áreas de explosivos, carros, mecânica, logística.

Um arsenal, garagem ampla, escritório, tudo provisório. Não ficavam muito tempo num local. Viviam mudando de área, de estado.


Era muito difícil localizá-los por terra, ar ou por águas. Tudo era camuflado e desmontável.

Se corriam um risco qualquer, imediatamente recebiam ordem para sair daquele local.

Se a PF prendia alguém, este não tinha conexão com as outras células.

O pessoal de pesquisa de campo visitavam as cidades com meses de antecedência, traziam todas as informações necessárias para o próximo assalto.

Com os mapas em mãos a direção determinava as datas. Assinalava as entradas e saídas, além de marcar os pontos críticos, tais como tráfego, localização do prédio de vigilância, PF, PM, Prefeitura, Postos de Saúde e outros detalhes onde pudessem apresentar algum perigo ou ajuda para seus objetivos.

No dia do ataque as equipes de engenharia de trânsito e explosivos iam a frente.

Hora marcada, tudo controlado e os empecilhos eliminados pela explosão, entravam os especializados em portas de cofres, a seguir os maleiros que transportavam tudo para os carros.

Na retirada, vários veículos acompanhavam a camionete que transportava o dinheiro. Alguns ficavam pelas estradas para impedir a perseguição das autoridades.

Na volta do último assalto, um dos motoristas parou perto de posto de combustível. Alguém dava um sinal com o braço direito. Achou que aquele homem, bem trajado de blusão e touca preta era algum contato da quadrilha. O motorista disse para ele subir na carroceria da camionete.

Ele jogou a seu malote e rapidamente subiu dizendo que desceria na próxima cidade. Conversou pouco e observou muito.

Aquela madrugada estava bem escura. Cinquenta Km à frente o misterioso homem de preto deu sinal que saltaria ali naquela cidade. Desceu e pediu para que jogassem o seu malote, o que foi feito sem muita atenção.

Notando que aquele não era o seu, tentou avisar ao pessoal, mas eles já iam muito longe.

Colocou-o nas costas e notou um peso bem maior que o de sua mochila.
Ao abri-lo ficou estupefato, ali estavam, separadas em pacotes menores, muito dinheiro. Nem pensou em ficar mais tempo por ali. Pediu uma carona e entrou no carro bem rápido, colocando tudo no seu colo.

Em sua casa alugada é que foi conferir tudo. Quase dez milhões de reais.
No outro dia desapareceu daquela cidade. Ninguém mais ouviu falar do vendedor de água mineral de beira-de-estrada.

Algum tempo depois um amigo, recebeu um cartão postal de Lisboa, Portugal.


Manoel Amaral

segunda-feira, 30 de maio de 2016

10 MANEIRAS DE ESCAPARA DOS ESTUPRADORES

10 maneiras de escapar dos estupradores

Muitos inventores estão trabalhando em objetos para conter a fúria dos desses estupradores:

1 – Apareceu, não sei de onde, um inventor maluco que produziu um cano almofadado, com adaptação de um navalha para cortar o pênis insistente.

2 – Uma mulher vinha, há tempos, testando em laboratório uma camisinha feminina com garras metálicas para prender o membro.

3 – Um brasileiro até sugeriu um maneira de evitar estas crueldades colocando no pênis do infrator aqueles adoráveis peixinhos do Amazonas chamados de “Candirus”, de poucos milímetros, que uma vez no canal da urina, nunca mais saem, sendo necessárias intervenções cirúrgicas para arrancá-los. Podem até matar.

4 – Outro teste foi feito com uma espécie de furadeira... aí vocês já viram o estrago.

5 – Um choque potente de uma arma letal, dando tempo da mulher escapar.

6 – Pode-se pensar, também, nos tempos antigos, do cinto de castidade, criando-se uma calcinha especial.

7 – O indiano bem velhinho pensou numa espécie de agulhas envenenadas, bem acondicionadas num aparelho especial, que como dardos, acertaria o indivíduo.

8 – O mineiro, que é bem precavido sugeriu um facão paulista de cortar cana, com um metro de comprimento.

9 – O nordestino, muito engenhoso solucionou o problema amarrando uma peixeira bem naquele lugar.

10 – Finalmente a sugestão é de muita gente: castrar estes bandidos.

Quase tudo é brincadeira só o caso da camisinha feminina com garras metálicas estaria à venda. Trata-se de invenção uma médica africana. Pode ser pesquisada na internet sob o título de Rapex .

Manoel Amaral

segunda-feira, 23 de maio de 2016

BANDIDOS MODERNOS

BANDIDOS MODERNOS


Mais um banco foi explodido, R$50 milhões foram levados. Essas notícias nem repercutem mais. Os Bandidos usam as armas, os carros, as motos e até aviões modernos.


Enquanto a polícia não tem condições de enfrentá-los. Falta tudo: gasolina, pneus, carros novos e armamento. Elementos bons eles têm, mas o Governo não supre as suas necessidades.

Todos os dias, vemos novos assaltos a bancos em cidades pequenas, os bandidos levam todo o dinheiro e fica tudo por isso mesmo.

Fizeram até uma imitação do grande assalto ao Banco Central de Fortaleza, há alguns anos, quando levaram mais de 140 milhões. Eles alugaram uma casa velha anexa ao banco e num feriado derrubaram uma parede da agência e carregaram tudo que tinha lá dentro.

Num outro caso usaram até uma pá carregadeira para destruir a entrada do estabelecimento bancário. Em todos os casos tudo foi muito bem planejado: polícia imobilizada, população assustada. Explosão de madrugada e o dinheiro some no ar. Se recuperam alguma coisa, não passa de 10% do total, isso quando a importância é revelada.

As estratégias são as mesmas: rodovias desimpedidas para fuga, carros dando todo apoio. Atiram para todo lado para intimidar o povo. Fazem barreiras com carretas ou outros obstáculos que ninguém pode ultrapassar.

Num desses casos, em cidade pequena, tiveram a audácia de quebrar os cadeados e colocando novos impedindo a polícia de sair com as viaturas para perseguição. Sem contar os pregos “miguelitos” que são sempre usados.

Em casos mais difíceis entram por estradas de terra e a seguir por rodovias asfaltadas.

Explodem carros-fortes com a maior facilidade. Levam tudo e até cofres inteiros.
Costumam sequestrar pessoas para garantia de fuga segura e depois as abandona em postos de gasolina ou mesmo no meio do caminho.

Eles agem com esperteza e rapidez não dando tempo para ninguém revidar.

Suas quadrilhas são grandes e cada setor trabalha na sua área, ignorando o serviço do outro, mas tudo muito bem controlado.

São assim os bandidos modernos.


Manoel Amaral
http://www.casadosmunicipios.com.br/blog/